terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Ao sabor do vento



Por esse momento que me tome o vento.

O cheiro doce do jasmin...

Nada mais em minha mente

Sou um pássaro,

com todo o horizonte pela frente.

10 comentários:

Maria Luiza disse...

oi Cris,
vc tem razão!!!!
Hoje judiei com o post do cafezinho!!!!
Tive que fazer mais 2 bules de café e 3 tabuleiros de pão de queijo e sai distribuindo nos blogs, pq todo mundo queria mais!!!
bjs

alexa violeta disse...

O vento traz-nos uma sensação de liberdade muito grande, não é Cristina? :) Eu sou do elemento Ar, por isso adoro abrir os braços e sentir o vento... como se pudesse, de repente, ganhar asas e voar! :)

Malu disse...

Cris,


Que leveza e doçura nesses versos .
Saio daqui leve , voando e sentindo o perfume
do jasmim ...


Bjo e um Dia cheinho de Sorrisos.
Adoro-Te , amiga querida.

Tania Forti disse...

Oi, Cristina, obrigada pelo carinho e dicas, hoje vou voltar a veterinária e vou perguntar sobre a homeopatia. Deve ajudar, sim.
Que animais lindos você tem, apaixonei!
beijos

Rose disse...

Cristina, com o calor que está fazendo aqui em Bh senti mais fresca com este poema...srrrrrrrrrrrrrrrrr.
Fluido e leve...
Bjs, more.

Isa disse...

Delícia!!!

Maria Regina disse...

Sinto a liberdade da sua poesia!De asas bem abertas...Sentindo o vento no rosto!
Um abraço

Eliete disse...

Cristina seu blog é leve, colorido e seduz.Aqui passarei sempre .

cris disse...

ahhh que delicia, precisava ler algo assim hoje, como sempre você doce né? sinto falta de você tambem, dessa delicadeza, por isso não gosto de ficar longe do blog, mas como vc disse são fases né? ainda bem que passam!

Beijoca pra você, obrigada pelo carinho!

CRIS COM ARTE E MANHA disse...

OLÁ CHARÁ, QUE LINDO ESSE POEMA ,LINDO COMO SEU BLOG , MINHA QUERIDA EU AMO VER A CARINHA DA PIMENTINHA QUANDO VENHO TE VISITAR... TODOS LINDOS MAS ELA É ESPECIAL...