sábado, 8 de junho de 2013

Sol

                                              

POEMA AO SOL

Sol que me ilumina a face
E me silencia a dor.
Sol que encanta os olhos
Sol que dá vida a flor.

Sol que me faz voar
Nas plumas dos seus raios.
Sol que pronuncia risonho
Um poema de abraçar.

Sol que desperta a vida
No cantar dos pássaros,
No arrastar da brisa.

Sol que me traz a calma
Abraça-me com sua luz
E da-me paz a alma.
(Tião Nascimento)



3 comentários:

Valéria Gama Rezende disse...

Esse poema é a cara da Alda, irmã da Tatá, a pessoa que acho que mais ama o sol!!!Bjs, amiga Cristina!!

Cristina disse...

Pois você encontrou uma pessoa que ama o sol tanto quanto ou mais que a Alda hehehe achei que meu Querido Amigo Astro Rei,merecia uma citação aqui no blog.Fico imensamente feliz quando amanhece o dia e o vejo através da cortina!!!Sou como o girassol...vou seguindo ele,pelo o dia!!!rs

Beijos e um abração bem grandão Minha AMiga!!!

Adriana disse...

Salve o Sol!!! :)