terça-feira, 2 de abril de 2013

Gambada:A primeira da série!!!

Sempre que me acontece algo Tosco(como diria minha Querida Sobrinha Giulia),e eu comento com um Amigo meu,ele diz:Ah mais uma Gambada...ai ele me sugeriu escrever para não esquecer delas...bem então aqui vai a primeira delas.

Eu trabalhava na casa da esperança aqui em Santo André mesmo,e sempre tive neuras com horários,detesto chegar atrasada seja lá onde for...nesse dia eu estava em cima da pinta(como diz meu Pai)e fui correndo para garagem pegar meu carro...e tcham...ele não pegou...um frio de lascar e eu precisava pensar rápido...e pensei...enrolei a barra da minha calça do uniforme e olhei para o único meio de transporte rápido ali na gragem...minha bike(leia-se rápido...porém nada seguro,em se tratando que sou pessíma em andar no trânsito).
Lá fui eu...primeiro uma subidona...e eu já estva na dúvida se tinha tido uma boa idéia,mas era tarde demais para voltar atrás...força na peruca...até que esta sendo legal...todo mundo olhando para mim...eu me sentindo a heroina de algum filme bem descolado...pronto estou quase chegando...ahhhh descidona ...um chevetão na minha frente...eu diminuo para entrar no estacionamento...e faço a curva mais mal feita que poderia ter feito...fui reto para a parede de entrada sem dó nem piedade BUUUUMMMMM(Mega estrondo e um grito de horror...meu.) o guidão entortou e meu dedo que estava nele idem...Todos sairam para ver o que tinha acontecido...e lá estava eu estatelada no chão....e mesmo sentindo muita dor...eu ria sem parar.Demorou um pouco para eu ser socorrida....metade das pessoas ainda estavam tentando entender o que tinha acontecido....e as outras que já tinham entendido,assim como eu estavam rindo!!!
Resultado:Um dedão trincado,algumas escoriações,a moral abalada...e alguns dias em casa!!!


8 comentários:

Valéria Gama Rezende disse...

KKKKKKKKKKK... temos algo em comum: detesto chegar atrasada!! chego no trabalho pelo menos 15 minutos antes do horário!! Mas quero conhecer as suas outras "aventuras", ok? Bjs e obrigada pelas palavras de carinho... que bom que vc me vê como uma pessoa forte!! A vida me fez assim , amiga!!! Rsrsrssss

Aldaneire disse...

Há, há, há, eu adoro essa história! Vc esqueceu de contar que um dos médicos quando ouviu lá de dentro o barulho e o grito falou: Só pode ser a Cristina!
E era! rs,rs,rs,rs,rs
Querida, amei o recadinho, muito-muito obrigada, te amo!

Cristina disse...

Forte e linda Minha Amiga...tem um coração maravilhoso!!!Sei que sou retundante ás vezes,mas falar do quanto gosto de você...faz parte!!!rsrsr
As Gambadas andam meio antiguinhas...rs mas tem algumas ainda para postar hehehe Um beijão

Cristina disse...

hahaha é tão normal saberem que sou eu....que vão achar estranho o dia que acontecer algo...olharem para o lado e eu estiver lá quietinha hehehe

Também te amo!!!

Dá uma olhadinha no post do Seu Dia!!!

Mil beijos

Raysla Camelo disse...

ahahahaha
Pelo menos por uns dias você não precisou se encanar com horários, né?
Tou aqui imaginando a cena! haha

Cristina disse...

hehehe Uma beleza mesmo...eu faço quase qualquer coisa para não ter que trabalhar...amo ficar em casa Rysla,imagina a cara do pessoal...hahaha tinha gente chorando de rir hehehe

Raysla Camelo disse...

Eu sou das suas!
Me enitulo machista, lugar de mulher é dentro de casa, fazendo bolo e assistindo vale a pena ver de novo. Trabalhar fora é coisa pros homens. Mas essa desculpa nunca rolou com o marido, ele é duro na queda! ehehe

Cristina disse...

Hehehe até que enfim alguém que pensa como eu!!!!Já me sinto um ET por vários motivos...e todos os meus amigos acham o maximo trabalhar fora,se ocupar...e falam isso com a maior veracidade...sei lá né,prefiro ser a doída do lado oposto rsrsrs